Agente Fiduciário

COMPANHIA DE ELETRICIDADE DO ESTADO DA BAHIA - COELBA
10ª Emissão de Debêntures em Duas Séries
R$ 1.200.000.000,00
CEEBA0 / BRCEEBDBS0C2
CEEBB0/ BRCEEBDBS0D0


A decisão de investimento deve ser baseada na leitura e compreensão da íntegra dos instrumentos legais relacionados à emissão cujas cópias podem ser solicitadas à Simplific Pavarini. As informações a seguir não representam uma recomendação de investimento, uma análise de crédito ou da situação econômica ou financeira da Emissora, nem tampouco garantia, explícita ou implícita, acerca do pontual pagamento das obrigações relativas aos títulos emitidos.


Assembleias Emissora Rating
Avisos Eventos de Pagamento Relatórios
Covenants Garantia Remuneração
Documentação Oferta Repactuação
Emissão PU's Diários Resgate Antecipado

A Simplific Pavarini Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários Ltda. exerce a função de agente fiduciário em  outras emissões de empresas que pertencem ao mesmo grupo econômico da Emissora, conforme link a seguir:

(i) 1ª (primeira) emissão de debêntures não conversíveis da Teles Pires Participações S.A., em série única, no valor total de R$650.000.000,00 (seiscentos e cinquenta milhões de reais), tendo sido emitidas 65.000 debêntures da espécie quirografária, com garantias adicionais real e fidejussória. A garantia real é representada pela cessão fiduciária de direitos sobre conta reserva e a garantia fidejussória é representada por fiança prestada pela Neoenergia e Centrais Elétricas Brasileiras S.A. O prazo de vencimento das debêntures é de 20 (vinte) anos, com vencimento em 30 de maio de 2032, com remuneração correspondente a Taxa DI + 0,70% a.a. Até a presente data não houve inadimplemento da Teles Pires Participações S.A.

http://simplificpavarini.com.br/CAR-TELESPIRES-SP.htm

(ii) 6ª Emissão De Debêntures Simples, Não Conversíveis Em Ações, Da Espécie Quirografária, Com Garantia Adicional Fidejussória, Em Série Única, Para Distribuição Pública, Com Esforços Restritos De Distribuição, Da Termopernambuco S.A, pela qual foram emitidas 200.000 (duzentos mil) debêntures, totalizando o montante de R$ 200.000.000,00 (duzentos milhões de reais), com data de vencimento em 26 de dezembro de 2021 cujo o Valor Nominal Unitário das Debêntures será amortizado em uma única parcela, devida na Data de Vencimento. Os juros remuneratórios deverão ser pagos semestralmente a partir da Data de Emissão, sendo o primeiro pagamento devido em 26 de junho de 2018 e os demais pagamentos devidos todo dia 26 dos meses de junho e dezembro de cada ano, até a Data de Vencimento. Até a presente data não ocorreram quaisquer eventos de resgate, amortização, conversão, repactuação ou inadimplemento de tais debêntures;

http://simplificpavarini.com.br/CAR-TERMOPERNAMBUCO6-SP.htm

(iii) 7ª Emissão de Debêntures Simples, Não Conversíveis Em Ações, Da Espécie Quirografária, Em Até 2 (Duas) Séries, Para Distribuição Pública, Da Companhia Energética Do Rio Grande Do Norte – Cosern, pela qual foram emitidas 370.000 (trezentos e setenta mil) debêntures, sendo 271.438 referentes a Primeira Série e 98.562 referentes a Segunda Série totalizando o montante de R$370.000.000,00 (trezentos e setenta milhões de reais), com data de vencimento em 15 de outubro de 2022 para a Primeira Série e 15 de outubro de 2024 para a Segunda Série, cujo o Valor Nominal Unitário Atualizado das Debêntures da Primeira Série será amortizado em uma única parcela, devida na Data de Vencimento da Primeira Série; e (ii) o Valor Nominal Unitário Atualizado das Debêntures da Segunda Série será amortizado em uma única parcela devida na Data de Vencimento da Segunda Série. Os juros remuneratórios serão pagos anualmente a partir de 15 de outubro de 2018 inclusive, até a Data de Vencimento de cada série. Até a presente data não ocorreram quaisquer eventos de resgate, amortização, conversão, repactuação ou inadimplemento de tais debêntures;

http://simplificpavarini.com.br/CAR-COSERN-SP.htm

(iv) 5ª Emissão de Debêntures Simples, Não Conversíveis Em Ações, da Espécie Quirografária, Com Garantia Adicional Fidejussória, Em Série Única, Para Distribuição Pública, Com Esforços Restritos de Distribuição, da Itapebi Geração de Energia S.A., pela qual foram emitidas 100.000 (cem mil) debêntures, totalizando o montante de R$ 100.000.000,00 (cem milhões de reais), com data de vencimento em 26 de dezembro de 2020. O valor nominal unitário das debêntures será amortizado em uma única parcela, devida na data de vencimento. Os juros remuneratórios deverão ser pagos semestralmente a partir da data de emissão, sendo o primeiro pagamento devido em 26 de junho de 2018 e os demais pagamentos devidos todo dia 26 dos meses de junho e dezembro de cada ano, até a data de vencimento. Até a presente data não ocorreram quaisquer eventos de resgate, amortização, conversão, repactuação ou inadimplemento de tais debêntures;

http://simplificpavarini.com.br/CAR-ITAPEBI-SP.htm

(v) 8ª Emissão de Debêntures Simples, Não Conversíveis em Ações, da Espécie Quirografária, com Garantia Adicional Fidejussória, em Série Única, para Distribuição Pública, com Esforços Restritos , da Companhia Energética de Pernambuco – CELPE, pela qual foram emitidas 500.000 (quinhentas mil) debêntures, totalizando o montante de R$ 500.000.000,00 (quinhentos mlhões de reais), com data de vencimento em 8 de fevereiro de 2023. O valor nominal unitário das debêntures será amortizado em 6 (seis) parcelas semestrais, sendo o primeiro pagamento em 8 de agosto de 2020 e os demais pagamentos devidos todo dia 8 dos meses de fevereiro e agosto de cada ano, até a data de vencimento. Os juros remuneratórios deverão ser pagos semestralmente a partir da data de emissão, sendo o primeiro pagamento devido em 8 de agosto de 2018 e os demais pagamentos devidos todo dia 8 dos meses de fevereiro e agosto de cada ano, até a data de vencimento. Até a presente data não ocorreram quaisquer eventos de resgate, amortização, conversão, repactuação ou inadimplemento de tais debêntures.

http://simplificpavarini.com.br/CAR-CELPE-SP.htm


 

Emissora

   - voltar


Denominação social

Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia - Coelba

Endereço da sede

Avenida Edgard Santos, nº 300, Cabula VI, Salvador, Bahia,CEP 41.181-900

CNPJ/MF

15.139.629/0001-94

Diretor de Relações com Investidores

At.: Sr. Alex Sandro Monteiro Barbosa da Silva
Telefone: (21) 3235-2852
E-mail: gestaofinanceira@neoenergia.com / relacionamentobancario@neoenergia.com / projetosfinanceiros@neoenergia.com

Objeto Social

A Emissora tem por objeto social estudar, projetar, construir e explorar os sistemas de distribuição e a comercialização a consumidores cativos de energia elétrica e serviços correlatos que lhe venham a ser concedidos ou autorizados por qualquer título de direito, prestar serviços técnicos de sua especialidade, e praticar os demais atos necessários à consecução de seu objetivo.

Situação

Operacional

Controle acionário

Privado nacional

Auditor independente

-

 

 

 

 

Oferta

 - voltar


Registro da Oferta Pública CVM

2.4.1 Nos termos do artigo 19 da Lei do Mercado de Valores Mobiliários e do artigo 6º da Instrução CVM 476, a Oferta Restrita está automaticamente dispensada de registro perante a CVM, por se tratar de oferta pública de distribuição de valores mobiliários com esforços restritos de distribuição, não sendo objeto de protocolo, registro e arquivamento perante a CVM, exceto pelo envio da comunicação sobre o início da Oferta Restrita e a comunicação de seu encerramento à CVM, nos termos dos artigos 7º-A e 8º respectivamente, da Instrução CVM 476 (“Comunicação de Início” e “Comunicação de Encerramento”, respectivamente).
2.4.2 Por se tratar de oferta pública com esforços restritos de distribuição, a Oferta Restrita poderá vir a ser registrada na ANBIMA, nos termos do parágrafo 2º do artigo 1° do “Código ANBIMA de Regulação e Melhores Práticas para as Ofertas Públicas de Distribuição e Aquisição de Valores Mobiliários”, atualmente em vigor (“Código ANBIMA”), exclusivamente para fins de envio de informações para a base de dados da ANBIMA, nos termos do artigo 8º e parágrafo 1º do artigo 9 do Código ANBIMA, desde que sejam expedidas diretrizes específicas nesse sentido pelo Conselho de Regulação e Melhores Práticas da ANBIMA, até o momento do protocolo da Comunicação de Encerramento.

Códigos CETIP/ISIN

CEEBA0 / BRCEEBDBS0C2
CEEBB0/ BRCEEBDBS0D0

Coordenador Líder

Banco Citibank S.A.

Banco Liquidante e Escriturador

Banco Citibank S.A.

Rating

5.30.1 A agência de classificação de risco (rating) da presente Emissão será a Standard and Poor's Ratings do Brasil Ltda.. (“Agência de Rating”). Durante o prazo de vigência das Debêntures, a Emissora deverá manter contratada a Agência de Rating para a atualização da classificação de risco (rating) das Debêntures, sendo que, em caso de substituição, deverá ser observado o procedimento previsto na Cláusula 8.1, alínea (ii).

Relatórios do Agente Fiduciário

Anuais

Status da Emissão

ATIVA

Status da Emissora

ADIMPLENTE

 

Emissão

 - voltar


Título

Debentures simples

Emissão / Séries

Décima / Duas

Valor Total da Emissão

R$ 1.200.000.000,00

Valor Nominal 

R$ 10.000,00

Quantidade de Títulos

120.000, sendo:
90.000 da 1ª Série
30.000 da 2ª Série

Forma

Nominativa e Escritural

Espécie

Quirografária com garantia fidejussória na forma de Fiança

Data de Emissão

03 de abril de 2018

Data de Vencimento da 1ª Série
Data de Vencimento da 2ª Série

03 de abril de 2023
03 de outubro de 2022

Subscrição e Integralização

5.20.1 As Debêntures serão subscritas e integralizadas por meio do MDA, preferencialmente em uma única data (“Data de Integralização”), por, no máximo, 50 (cinquenta) Investidores Profissionais, à vista, no ato da subscrição, e em moeda corrente nacional, pelo Valor Nominal Unitário ("Preço de Integralização").
5.20.2 Para os fins desta Escritura de Emissão, define-se “Data de Integralização” a data em que ocorrerá a subscrição e a primeira integralização das Debêntures de cada série.
5.20.3 Caso a totalidade das Debêntures não seja subscrita e integralizada na Data de Integralização, por qualquer motivo, as Debêntures subscritas e integralizadas após a Data de Integralização terão "Preço de Integralização" equivalente ao Valor Nominal Unitário acrescido da Remuneração da Primeira Série ou daRemuneração da Segunda Séria, conforme o caso, calculada pro rata temporis, desde a Data de Integralização, até a data efetiva integralização das referidas Debêntures.

Data de Pagamento das Amortização

5.15.1 Amortização Programada das Debêntures da Primeira Série. Sem prejuízo aos pagamentos decorrentes do resgate antecipado e/ou aquisição facultativa das Debêntures, ou vencimento antecipado das obrigações decorrentes das Debêntures, nos termos previstos nesta Escritura de Emissão, o Valor Nominal Unitário das Debêntures da Primeira Série será amortizado em 2 (duas) parcelas, sendo a primeira após 4 (quatro) anos contados da Data de Emissão e a última na Data de Vencimento das Debêntures da Primeira Série, conforme cronograma abaixo:
 

Parcela

Data da Amortização

% de amortização do Valor Nominal Unitário

3 de abril de 2022

50,00%

3 de abril de 2023 (Data de Vencimento das Debêntures da Primeira Série)

50,00%

5.15.2 Amortização Programada das Debêntures da Segunda Série. Sem prejuízo aos pagamentos decorrentes do resgate antecipado e/ou aquisição facultativa das Debêntures, ou vencimento antecipado das obrigações decorrentes das Debêntures, nos termos previstos nesta Escritura de Emissão, o Valor Nominal Unitário das Debêntures da Segunda Série será amortizado em uma única parcela, na Data de Vencimento das Debêntures da Segunda Série.

Remuneração 

116,00% DI - primeira série
116,00% DI - segunda série

Pagamento de Juros Remuneratórios

5.18 Datas de Pagamento da Remuneração da Primeira Série
 
5.18.1 Sem prejuízo aos pagamentos decorrentes do resgate antecipado e/ou aquisição facultativa das Debêntures da Primeira Série, ou do vencimento antecipado das obrigações decorrentes das Debêntures da Primeira Série, nos termos previstos nesta Escritura de Emissão, a Remuneração da Primeira Série será paga semestralmente a partir da Data de Emissão, no dia 3 (três) dos meses de outubro e abril de cada ano, ocorrendo o primeiro pagamento em 3 de outubro de 2018 e o último, na Data de Vencimento da Primeira Série.

5.19 Datas de Pagamento da Remuneração da Segunda Série

5.19.1 Sem prejuízo aos pagamentos decorrentes do resgate antecipado e/ou aquisição facultativa das Debêntures da Segunda Série, ou do vencimento antecipado das obrigações decorrentes das Debêntures da Segunda Série, nos termos previstos nesta Escritura de Emissão, a Remuneração da Segunda Série será paga semestralmente a partir da Data de Emissão, no dia 3 (três) dos meses de outubro e abril de cada ano, ocorrendo o primeiro pagamento em 3 de outubro de 2018 e o último, na Data de Vencimento da Segunda Série.

Destinação dos Recursos

Os recursos captados pela Emissora por meio da integralização das Debêntures serão utilizados para reforço de capital de giro da Emissora.

 

Garantia

- voltar


5.29 Garantia Fidejussória e Solidariedade Passiva

5.29.1 A Garantidora, neste ato, se obriga, em caráter irrevogável e irretratável, perante os Debenturistas, como fiadora, codevedora e principal pagadora, solidariamente (com a Emissora) responsável pelo pagamento integral das Obrigações Garantidas (conforme definido abaixo), renunciando expressamente aos benefícios de ordem, direitos e faculdades de exoneração de qualquer natureza previstos nos artigos 333, parágrafo único, 364, 366, 368, 821, 827, 830, 834, 835, 837, 838 e 839 do Código Civil, e dos artigos 130, e 794 da Lei n° 13.105, de 16 de março de 2015, conforme alterada ("Código de Processo Civil"), nos termos previstos nesta Escritura de Emissão, independentemente de notificação judicial,observado o disposto nas Cláusulas 5.29.2 a 5.29.8 abaixo ("Fiança").

5.29.2 Para os fins desta Escritura de Emissão, "Obrigações Garantidas" significam (i) as obrigações relativas ao pontual e integral pagamento, pela Emissora e pela Garantidora, do Valor Nominal Unitário das Debêntures, da Remuneração, dos Encargos Moratórios e dos demais encargos, relativos às Debêntures e à esta Escritura de Emissão, quando devidos, seja nas respectivas datas de pagamento, ou em virtude de resgate antecipado das Debêntures, ou ainda em decorrência de vencimento antecipado das obrigações decorrentes das Debêntures, conforme aplicável, nos termos desta Escritura de Emissão; (ii) as obrigações relativas a quaisquer outras obrigações pecuniárias assumidas pela Emissora e/ou pela Garantidora nos termos das Debêntures e desta Escritura de Emissão, incluindo obrigações de pagar honorários, despesas, custos, encargos, tributos, reembolsos ou indenizações; e (iii) as obrigações de ressarcimento de toda e qualquer importância que os Debenturistas e/ou o Agente Fiduciário, inclusive, a remuneração deste, venham a desembolsar nos termos das Debêntures e desta Escritura de Emissão e/ou em decorrência da constituição, manutenção, realização, consolidação e/ou excussão ou execução da Fiança, inclusive dos processos de cobrança e judiciais.

5.29.3 Cabe ao Agente Fiduciário requerer a execução, judicial ou extrajudicial, da Fiança, conforme função que lhe é atribuída nesta Escritura de Emissão, uma vez verificada qualquer hipótese de insuficiência de pagamento de quaisquer Obrigações Garantidas. A Fiança poderá ser excutida e exigida pelo Agente Fiduciário quantas vezes forem necessárias até a integral e efetiva quitação de todas as Obrigações Garantidas, sendo certo que a não execução da Fiança por parte do Agente Fiduciário não ensejará, em qualquer hipótese, perda do direito de execução da Fiança pelos Debenturistas.

5.29.4 A Garantidora deverá efetuar o pagamento do valor das Obrigações Garantidas inadimplido pela Emissora no prazo de 1 (um) Dia Útil contado do recebimento de notificação por escrito enviada pelo Agente Fiduciário à Emissora e à Garantidora informando tal inadimplemento. Os pagamentos que vierem a ser realizados pela Garantidora com relação às Debêntures serão realizados fora do âmbito da B3, e de modo que os Debenturistas recebam da Garantidora os valores que lhes seriam entregues caso esses pagamentos tivessem sido realizados pela Emissora, não cabendo à Garantidora realizar qualquer dedução que não seria realizada pela Emissora caso a Emissora tivesse realizado o respectivo pagamento.

5.29.5 Fica facultado à Garantidora efetuar o pagamento de qualquer obrigação inadimplida pela Emissora, independentemente de notificação.

5.29.6 A Garantidora, desde já, concorda e se obriga a, (i) somente após a integral quitação das Obrigações Garantidas, exigir e/ou demandar a Emissora em decorrência de qualquer valor que tiver honrado nos termos das Obrigações Garantidas; e (ii) caso receba qualquer valor da Emissora em decorrência de qualquer valor que tiver honrado nos termos das Obrigações Garantidas antes da integral quitação das Obrigações Garantidas, repassar, no prazo de 1 (um) Dia Útil (conforme definido abaixo) contado da data de seu recebimento, tal valor ao Agente Fiduciário, para pagamento) aos Debenturistas.

5.29.7 A Fiança entrará em vigor na data de celebração desta Escritura de Emissão e permanecerá válida até o pagamento integral das Obrigações Garantidas.

5.29.8 Em virtude da Fiança, a presente Escritura de Emissão deverá ser levada a registro nos competentes Cartórios de Registro de Títulos e Documentos, nos termos da Cláusula 2.2.1.


 

 

Resgate Antecipado e Aquisição Facultativa

- voltar


 


 

Remuneração

- voltar


5.17 Remuneração das Debêntures
5.17.1 Remuneração das Debêntures da Primeira Série. Sobre o Valor Nominal Unitário das Debêntures da Primeira Série ou o saldo do Valor Nominal Unitário das Debêntures da Primeira Série, conforme o caso, incidirão juros remuneratórios correspondentes a 116% (cento e dezesseis por cento) da variação acumulada das taxas médias diárias dos DI — Depósitos Interfinanceiros de um dia “over extra-grupo”, expressas na forma percentual ao ano, base 252 (duzentos e cinquenta e dois) Dias Úteis, calculadas e divulgadas diariamente pela B3, no informativo diário disponível em sua página na internet (http://www.cetip.combr) ("Taxa DI" e “Remuneração da Primeira Série”, respectivamente), calculados de forma exponencial e cumulativa pro rata temporis por Dias Úteis decorridos, desde a Data de Integralização ou a data de pagamento de Remuneração da Primeira Série imediatamente anterior, conforme o caso, até a data do efetivo pagamento. A Remuneração da Primeira Série será calculada de acordo com a seguinte fórmula:

J = VNe x (Fator DI – 1)

onde:
J - Valor dos juros remuneratórios, calculado com 8 (oito) casas decimais, sem arredondamento, calculados pro rata temporis por Dias Úteis decorridos, desde a Data de Integralização ou a data de pagamento de Remuneração da Primeira Série imediatamente anterior, conforme o caso, até a data do efetivo pagamento.
VNe - Valor Nominal Unitário ou saldo do Valor Nominal Unitário, informado/calculado com 8 (oito) casas decimais, sem arredondamento.
Fator DI – corresponde ao produto das Taxas DI com uso do percentual aplicado, desde a Data de Integralização ou a data de pagamento de Remuneração da Primeira Série imediatamente anterior, inclusive, conforme o caso, até a data de cálculo, exclusive, calculado com 8 (oito) casas decimais, com arredondamento, apurado da seguinte forma:


onde:
“n“ corresponde ao número total de Taxas DI, consideradas na apuração do “Fator DI”, sendo n um número inteiro;

“p” corresponde a 116,00 (cento e dezesseis inteiros);

TDIk = Taxa DI Over de ordem k, expressa ao dia, calculada com 8 (oito) casas decimais, com arredondamento, apurada da seguinte forma:

onde:
“DIk” corresponde à Taxa DI divulgada pela B3, válida por 1 (um) Dia Útil (overnight), utilizada com 2 (duas) casas decimais.

5.17.2 Remuneração das Debêntures da Segunda Série. Sobre o Valor Nominal Unitário das Debêntures da Segunda Série incidirão juros remuneratórios equivalentes a, no máximo, 116% (cento e dezesseis por cento) da variação acumulada da Taxa DI, sendo que a remuneração final será definida em Procedimento de Bookbuilding (conforme definido abaixo) e retificada por meio de aditamento a esta Escritura de Emissão (“Remuneração da Segunda Série”, e, quando referida em conjunto e indistintamente com a Remuneração da Primeira Série, “Remuneração”). A Remuneração da Segunda Série será calculada de forma exponencial e cumulativa pro rata temporis por Dias Úteis decorridos, desde a Data de Integralização ou a data de pagamento de Remuneração da Segunda Série imediatamente anterior, conforme o caso, até a data do efetivo pagamento. A Remuneração da Segunda Série será calculada de acordo com a seguinte fórmula

J = VNe x (Fator DI – 1)

onde:

J – Valor dos juros remuneratórios, calculado com 8 (oito) casas decimais, sem arredondamento, calculados pro rata temporis por Dias Úteis decorridos, desde a Data de Integralização ou a data de pagamento de Remuneração da Segunda Série imediatamente anterior, conforme o caso, até a data do efetivo pagamento.

VNe - Valor Nominal Unitário ou saldo do Valor Nominal Unitário, informado/calculado com 8 (oito) casas decimais, sem arredondamento.

Fator DI – corresponde ao produto das Taxas DI com uso do percentual aplicado, desde a Data de Integralização ou a data de pagamento de Remuneração da Segunda Série imediatamente anterior, inclusive, conforme o caso, até a data de cálculo, exclusive, calculado com 8 (oito) casas decimais, com arredondamento, apurado da seguinte forma:

onde:
“n“ corresponde ao número total de Taxas DI, consideradas na apuração do “Fator DI”, sendo n um número inteiro;

“p” corresponde a até 116,00 (cento e dezesseis inteiros), sendo este valor definido conforme o percentual da variação acumulada da Taxa DI da remuneração final, a ser verificada em Procedimento de Bookbuilding;

“TDIk” corresponde à Taxa TI, expressa ao dia, calculada com 8 (oito) casas decimais com arredondamento, apurada da seguinte forma:


onde:
“DIk” corresponde à Taxa DI divulgada pela B3, válida por 1 (um) Dia Útil (overnight), utilizada com 2 (duas) casas decimais.
Uma vez os fatores estando acumulados, considera-se o fator resultante do produtório “Fator DI” com 8 (oito) casas decimais, com arredondamento.

 

Repactuação

  -voltar


Não há repactuação programada para as DEBÊNTURES.

 

Covenants

- voltar


A não observância, pela Garantidora, por 2 (dois) trimestres consecutivos, dos seguintes índices financeiros, com base nos demonstrativos financeiros auditados consolidados da Garantidora, a serem apurados pela Garantidora e acompanhados pelo Agente Fiduciário ao final de cada trimestre fiscal, sendo a primeira apuração referente ao período findo em 31 de março de 2018, observado o disposto abaixo (“Índices Financeiros”):

I. Dívida Líquida/EBITDA igual ou inferior a 4,00 (quatro inteiros).

II. EBITDA/Despesa Financeira Líquida igual ou superior a 1,5 (um inteiro e cinco décimos).

Para fins do disposto deste inciso:

“Dívida Líquida” significa a soma algébrica dos empréstimos, financiamentos, instrumentos de mercado de capitais, local e internacional, e do saldo dos derivativos da Garantidora, menos as disponibilidades em caixa e aplicações financeiras, incluindo as aplicações dadas em garantia aos financiamentos e títulos e valores mobiliários, valores estes, apurados de forma consolidada;

“EBITDA” (Earnings Before Interest, Tax, Depreciation and Amortization) significa o lucro da Garantidora antes de juros, tributos, amortização e depreciação ao longo dos últimos 12 (doze) meses acrescidos dos ajustes dos ativos e passivos regulatórios (positivos e negativos no resultado) conforme as regras regulatórias determinadas, incluindo os últimos 12 (doze) meses de EBITDA das companhias que venham a ser controladas pela Garantidora em decorrência de processos de incorporação, desde que, a fim de evitar duplicidade, já não constem das informações contábeis previamente disponibilizadas para este fim.

“Despesa Financeira Líquida” significa a diferença entre receitas financeiras e despesas financeiras da Garantidora ao longo dos últimos 12 (doze) meses, das quais deverão ser excluídos, para efeito da apuração dos compromissos financeiros, os juros sobre capital próprio e incluindo os últimos 12 (doze) meses de Despesa Financeira Líquida das companhias que venham a ser controladas pela Garantidora em decorrência de processos de incorporação, desde que, a fim de evitar duplicidade, já não constem das informações contábeis previamente disponibilizadas para este fim. A Despesa Financeira Líquida será apurada em módulo se for negativo e, ser for positivo, será considerada 1 (um).

 

Apurações dos covenants do atual exercício

 

COELBA - Neoenergia - R$ mil 31/03/2018
   
DÍVIDA LÍQUIDA  
Empréstimos e Financiamentos 4.526.539
Debêntures 970.383
Empréstimos e Financiamentos 8.571.757
Debêntures 4.569.917
Caixa e Equivalentes de Caixa  -4.489.659
Aplicação Financeira -22.180
Saldo derivativos -805.688
DÍVIDA LÍQUIDA (1) 13.321.069
   
EBITDA 12 MESES  
Lucro antes Resultado Financeiro e Impostos 2.445.256
Depreciação e Amortização 1.241.080
EBITDA (2) 3.686.336
   
RESULTADO FINANCEIRO 12 MESES  
Receitas Financeiras -2.690.506
Despesas Financeiras 4.093.103
   
RESULTADO FINANCEIRO (3) 1.402.597
   
DÍVIDA LÍQUIDA/EBITDA  (1/2) 3,61
< 4,00
  OK
   
EBITDA/RESULTADO FINANCEIRO (2/3) 2,63
> 1,50
  OK

As apurações anteriores podem ser obtidas nos Relatórios do Agente Fiduicário.

 

Eventos de Pagamento - R$/deb

  - voltar


Série Data Evento Parcela Valor Evento Parcela Valor Status
03/10/2018 - - - - Juros 1 /10 - -
03/04/2019 - - - - Juros 2 /10 - -
03/10/2019 - - - - Juros 3 /10 - -
03/04/2020 - - - - Juros 4 /10 - -
03/10/2020 - - - - Juros 5 /10 - -
03/04/2021 - - - - Juros 6 /10 - -
03/10/2021 - - - - Juros 7 /10 - -
03/04/2022 Amort 1 /2 50,00% Juros 8 /10 - -
03/10/2022 - - /- - Juros 9 /10 - -
03/04/2023 Amort 2 /2 50,00% Juros 10 /10 - -

 

Série Data Evento Parcela Valor Evento Parcela Valor Status
03/10/2018 - - - - Juros 1 /9 - -
03/04/2019 - - - - Juros 2 /9 - -
03/10/2019 - - - - Juros 3 /9 - -
03/04/2020 - - - - Juros 4 /9 - -
03/10/2020 - - - - Juros 5 /9 - -
03/04/2021 - - - - Juros 6 /9 - -
03/10/2021 - - - - Juros 7 /9 - -
03/04/2022 - - - - Juros 8 /9 - -
03/10/2022 Amort 1 /1 100,00% Juros 9 /9 - -

  

 

Assembléias

- voltar


Não houve realização de assembleias da presente emissão.

 

 

Avisos

 - voltar


Não houve divulgação de avisos aos debenturistas da presente emissão.

 

 

Preços Unitários - PU's

- voltar


Os valores calculados refletem nossa interpretação da escritura de emissão não implicando em aceitação de compromisso legal ou financeiro. Os PU's apresentados foram calculados "ao par", isto é, na curva de atualização e remuneração estabelecida na escritura de emissão. Outros agentes do mercado financeiro poderão apresentar valores diferentes dependendo da metodologia de cálculo aplicada. Em caso de dúvida de como os valores aqui apresentados foram apurados solicitamos entrar em contato para maiores esclarecimentos.

Planilha de Preços Unitários da 1ª Série
Planilha de Preços Unitários da 2ª Série

 

 

Relatórios do Agente Fiduciário

 - voltar


O primeiro relatório anual do agente fiduciário será publicado em 27 de abril de 2019.


 

Documentação

- voltar


Escritura de Emissão